Eu me revelei para turma

Meu nome ? Me chamem de PANTERA… No ano de 2004 o preconceito ainda era muito soberano e rigido. Eu tinha acabado de entra para tão famosa 5° série do fundamental , apesar de frequenta a mesma escola no mesmo bairro desde do primário. O preconceito perseguiu sempre . Pq os meninos da escola dizia que eu era diferente. E eu me sentia diferente foi então que nessa mesma o ano de 2004 conheci uma trava que eu me identifiquei por ela ser tão diferente então crie um vínculo de amizade e aí sim vir que eu gay . Que pertencia ao mesmo clã que o dela . Então encorajado após esclarece as próprias dúvidas que eu tinha sobre mim . Com ajuda da Celyta ,(a trava minha amiga) Eu me encorajei pra assumir minha aceitação sexsual.. Aí me lembro coml no em uma sexta feira um grupo de colegas da sala . Me fez a seguinte pergunta . “vc é veado , vc gosta de homem é “?? Eu com a cara e a coragem disse sou.. Nunca vir tanta xurria em uma tarde só. A escola toda ficou sabendo. E eu sem saber como fazer louco pra ir embora pra conta pra celyta . Continue daí começou as piadinhas e os afastamentos mesmo assim não me deixei abalar é seguir firme . Apesar dos insultos que ouvir durante a semana seguinte . Não me fez esconde ou deixar que terceiros me fizessem eu me excluir do mundo até pq eu sempre soube oq eu era . Eu só não tinha contando pra ninguém. Mais foi uma fase que me fortaleceu . Hj celyta mora no interior de Sergipe e eu seguir sozinho .. Mais o meu maior aprendizado quem me ensinou foi a Cely. Ela me ensinou a fazer a chuva mais essa é uma outra história depôs eu conto …amei amei

Quero Contar!